Clique aqui e acesse aulas gratuitas via Whatsapp

Lidando com a Ejaculação Precoce

Como lidar com a ejaculação precoce de forma natural, com quem cuida do corpo em uma academia

O jeito que a gente se masturba colabora para a ejaculação precoce…

A falta de educação sexual que tivemos colabora para uma hiper expectativa da performance sexual do homem, o que também colabora para a ejaculação precoce…

Remédios, noites mal dormidas, estresse, falta de comunicação adequada na relação, ansiedade, hábitos não saudáveis como consumo de álcool ou tabaco, esses e tantos outros misturados são elementos que contribuem muito para o desenvolvimento da ejaculação precoce no homem.

O homem não é uma máquina sempre pronta pra sexo como nos fizeram acreditar. Suas emoções estão muito mais conectadas com seu pau do que você talvez imagine.

Lidar com a ejaculação precoce de forma natural é perfeitamente possível. O caminho requer uma descontrução de muitas ideias e um treinamento corporal de descondicionamento genital. Mas é extremamente possível de se fazer, conhecendo o caminho das pedras.

Preparamos algumas aulas para você sobre o assunto que podem te ajudar.

100% online e gratuito

 

Clique aqui e receba a primeira aula via Whatsapp

A Casa Samadhi é especializada em terapia sexual corporal.

atendemos casos de Ejaculação Precoce há muitos anos.

 

Se a sua principal inquietação hoje é ejaculação precoce

Se você está sofrendo com as identificações que você está trazendo para si por conta da sua resposta sexual, é possível transformar tudo isso.

Existem algumas ideias que a gente precisa desconstruir aí dentro. Alguns conceitos que a gente precisa aprender, desapegar, e algumas coisas a que gente tem que fazer com o nosso corpo também. O processo é corporal, meditativo, sensorial e cognitivo.

Se você gostaria de compreender os elementos que mexem com a sensibilidade, o controle muscular e emocional bem como algumas atitudes que você pode tomar para levar sua experiência sexual a um estado funcional, equilibrado e nutritivo, aproveite pra conferir as nossas aulas sobre Ejaculação Precoce.

Geralmente esse tratamento natural para ejaculação precoce segue algumas etapas:

  • Desconstrução de crenças disfuncionais sobre a sexualidade, principalmente aquelas ligadas ao ser homem, à ereção, ao sexo falocêntrico, etc…
  • Identificar e trabalhar comportamentos que possam estar contribuindo com a condição, como o vício na pornografia;
  • Cuidar da vulnerabilidade presente na sexualidade e das relações presentes;
  • Dissolver as tensões crônicas que se estabeleceram e proporcionar um descondicionamento genital;
  • Recobrar a satisfação sexual e a excitação tranquila.

Fundamental nesse momento é você saber que sim, é possível tratar a ejaculação precoce de forma natural com práticas meditativas, corporais, educação sexual e acompanhamento adequade de quem sabe o caminho das pedras.

A ejaculação precoce já foi definida de várias maneiras; alguns pesquisadores dizem que ela se caracteriza quando o homem ejacula em menos de um minuto depois da penetração. Outros dizem 2 minutos.

Existem pesquisas realizadas pelo Jornal da Medicina Sexual nos Estados Unidos, definindo um tempo médio de penetração em torno de 5 minutos, sendo precoce tudo o que terminar antes disso.

E ainda há estudos – mais focados no prazer da mulher – que definiam o ejaculador precoce como aquele que, em pelo menos 50% das suas relações, não consegue aguardar o suficiente até sua mulher chegar ao orgasmo.

Mas seja qual for a definição que se adote, existe um consenso: a esmagadora maioria dos casos é oriunda de questões psicológicas e não de problemas físicos.

Insegurança, medo, ansiedade durante o ato sexual podem gerar esse transtorno. É muito comum, inclusive, que antidepressivos sejam receitados por médicos no tratamento desse distúrbio – não só pelo aspecto da sensibilidade mas também pela calmaria emocional.

O que acontece é o seguinte: nós, homens, fomos condicionados a utilizar o cérebro como principal centro sexual. É normal, inclusive durante as relações, que imaginemos cenas e situações para complementar a excitação.

Deixamos de estar presentes nas sensações do nosso corpo, sobrecarregando a mente com uma função que, naturalmente não pertence a ela. Isso nos deixa dependentes de estímulos psicogênicos para a excitação e para o orgasmo e, consequentemente, nos deixa mais à mercê de disfunções originadas no nosso cérebro.

Clique aqui e receba a primeira aula via Whatsapp

Confira nosso trabalho nas principais redes sociais