Massagem Tântrica

O que é a Massagem Tântrica? Existem várias interpretações do Tantra e várias escolas com diferentes conceitos sobre o polêmico termo Massagem Tântrica. Na nossa escola, a massagem tântrica é uma experiência meditativa de toque capaz de reequilibrar o sistema hormonal e o fluxo energético do corpo. É um trabalho terapêutico, muito eficaz no tratamento de uma série de transtornos. Saiba mais!

Os muitos Tantras…

Todo conhecimento – principalmente aqueles muito antigos – possui diversas interpretações; você vê isso dentro de religiões, correntes filosóficas, movimentos artísticos. Com o Tantra não seria diferente. Muitos hoje estão presentes nas redes sociais levantando o nome do Tantra em junto de diversas bandeiras e interpretações, a nosso ver, simplificadas demais ou até deturpadas. Não cabe a mim nem a ninguém se isso ou aquilo é ou não é Tantra. Cabe, sempre, uma reflexão.

O Tantra é para muitos um caminho espiritual. Para alguns, um estilo de vida. Para tantos outros, um caminho terapêutico de profunda cura. Seja qual for sua história com ele, fato é que todo o seu desenvolvimento passa pelo corpo. Todas as mensagens vem do corpo. Toda a transcendência acontece no espaço do corpo. O Tantra acolhe o corpo e confia em sua sabedoria. E não há como se falar sobre corpo – sem ser hipócrita – e não falar sobre sexualidade.

E o Tantra fala. Pouco até, mas fala. Mas esse é um terreno escorregadio e rapidamente a mensagem se massifica e se distorce. Então esse telefone sem fio começa a trazer para o Tantra um discurso erotizado, sedutor, sensual. Fica aqui um alerta: desconfie de todos que oferecem o Tantra como uma ferramenta de poder. Tantra não tem nada a ver com isso, massagem tântrica tampouco. Tantra é entrega, aceitação, fluxo, presença, meditação. Nada a ver com joguinhos de poder pra ver quem consegue tirar qual lasca de quem.

E não quero que fique nenhuma ideia moralista aqui. Não há nada de errado em uma experiência erotizada, sedutora e sensual. Mas é uma interpretação tão aquém de algo tão maior. Todo o potencial terapêutico do Tantra desaparece na presença da erotização, pois o erótico reforça o aspecto mental da sexualidade, enquanto a cura e a transformação acontecem nas experiências sensoriais. É preciso tornar a sexualidade mais meditativa, sensorial, pacífica, mais parecida com uma dança e menos parecida com uma luta. A gente já pensa demais, compete demais, ouve ruído demais quando vivenciamos nossa sexualidade. Precisamos nos conectar com a nossa energia sexual de maneira mais meditativa.

desconfie de todos que oferecem o Tantra como uma ferramenta de poder.
Tantra não tem nada a ver com isso

As técnicas de massagem tântrica utilizada na Casa Samadhi tem um cunho essencialmente meditativo e terapêutico. Você NÃO encontrará um trabalho erotizado aqui. Nós desenvolvemos aqui um método terapêutico e, de acordo com a sua queixa, a questão que precisar trabalhar, direcionamos as vivências do seu tratamento. Você não escolhe qual massagem vai receber assim como não escolhe pro médico a cirurgia ou o remédio que gostaria de tomar. A massagem tântrica é uma ferramenta poderosa dentro de toda uma terapêutica e tem se mostrado bastante eficaz no tratamento de diversas questões. Dentre elas, vale citar:

  • Homens e mulheres que sofrem de disfunções sexuais: disfunção erétil, ejaculação precoce ou retardada, anorgasmia, baixa libido e tantas outras;
  • Pacientes de disfunções emocionais como crises de ansiedade, depressão, crises de pânico, stress, transtorno obsessivo compulsivo, transtorno borderline, síndrome de asperger, bipolaridade e etc…
  • Pessoas que buscam um amadurecimento de sua sexualidade, aprendendo a desassociar o sexo da psicogenia, resgatando o aspecto sensorial do corpo e aprofundando assim sua experiencia orgástica;
  • Todos que buscam equilíbrio do corpo físico através do equilibrio do corpo energético. Pessoas que se sentem sem energia, cansadas fisicamente mas sem ter motivos aparentes que justifique o cansaço;
  • Os que se encontram presos em vícios comporamentais direta ou indiretamente conectados com a sexualidade e querem dar um basta nessas influências negativas;
  • As vítimas de abuso, assédio ou qualquer tipo de violência sexual, na procura de limpar as marcas da experiência traumática do comportamento atual.

Perguntas frequentes sobre Massagem Tântrica:

Como funciona a sessão?

A sessão tem duração de duas horas e inclui além do trabalho corporal e respiratório, uma anamnese inicial onde o/a terapeuta atuante tem uma conversa a fim de definir qual ferramenta é a mais indicada pro interagente naquele momento. Isso significa que toda sessão é fundamentada naquilo que o interagente traz como demanda no dia, ou seja, uma sessão nunca é igual a próxima. Há também um tempo para banho, antes e/ou depois da sessão.

Como o terapeuta atende?

Em hipótese alguma o/a terapeuta se despe na sessão. Não há nenhuma necessidade terapêutico pra isso. Como o foco do trabalho é a meditação, a nudez do terapeuta não contribui em nada pra isso. Pelo contrário, somente reforça um padrão erotizado e mental da sexualidade, o qual buscamos dissolver dentro do tratamento terapêutico.

Quantas sessões eu preciso pra ter um resultado efetivo?

É importante entender que o Tantra significa  um estilo de vida onde o auto-conhecimento é a base que fundamenta o caminho. Por mais que se evolua, sempre há algo do inconsciente a ser descoberto. Por isso mesmo que a Casa Samadhi, além das sessões individuais, tem uma agenda constante de eventos semanais, cursos e retiros de meditação para contemplar aqueles que se identificam com esta jornada.

Qualquer resposta para essa pergunta, sem a devida anamnese, seria mera especulação. Cada pessoa tem uma história, cada corpo carrega suas marcas de maneira muito única. Mas a Terapia Tântrica é bastante rápida: em poucos meses com alguma dedicação semanal já é possível notar resultados bem interessantes de mudança de comportamento. Se a busca é a reversão de um quadro de disfunção, sexual ou emocional, ou uma cura específica, recomenda-se pacotes de sessões onde há inclusive propostas de descontos especiais. A primeira sessão é muito válida para que o interagente tenha um primeiro contato e consiga discernir se aquilo que de fato pode ajudá-lo. Pro terapeuta este primeiro contato é de extrema importância, pois possibilita uma leitura tanto energética quanto psico-corporal da pessoa. Após isso, ele/ela consegue mais facilmente diagnosticar quantas sessões serão necessárias pra se obter um resultado mais efetivo no tratamento. A pessoa pode vir pra uma sessão avulsa sem o compromisso do pacote.

Como eu fico vestid@?

O paciente fica completamente despid@, para podermos trabalhar toda a superfície da pele. É importante lembrar que não se trata de uma técnica sexual; não há sexo inserido no contexto das massagens praticadas na Casa Samadhi. Objetivamos sim, a revitalização de suas funções da sua sexualidade, sua energia e sua vitalidade, sem nenhuma necessidade do ato sexual com o terapeuta.

O trabalho é erotizado?

Não. Embora muitos tenham um discurso erotizado e sensual a respeito do Tantra, aqui na Casa Samadhi o trabalho é estritamente terapêutico e de autoconhecimento. Não há espaço para jogos mentais de poder durante uma sessão; o trabalho é sensorial e corporal. Para acessarmos uma experiência diferente, precisamos colocar a pessoa em uma situação de alta energia sexual em um contexto desassociado do sexo. A erotização apenas reforça padrões mentais, vicia o comportamento e não resolve as compulsões sexuais tampouco fornece subsídio para mudança de comportamento.

Entenda como funciona o tratamento com Massagem Tântrica

Desenvolvimento da Senbilidade

Os toques do Tantra atuam de diversas maneiras para recuperar e aguçar a sensibilidade do corpo, propiciando estímulos novos na superfície da pele que criarão novas sinapses no caminho sensorial. Grande parte das disfunções sexuais tem origem em um corpo completamente dessensibilizado. Sem estímulos sensoriais, sobrecarregamos a mente com a excitação. Para atingir o potencial máximo da sua sensibilidade, precisamos carregar o corpo de energia e espalhá-la lentamente por todo o corpo.

Expansão da Sexualidade

A massagem tântrica ensina novas referências para o corpo, cria novas sinapses, novos caminhos sensoriais. Traz estímulos inéditos, faz conexões emocionais e corporais que muitas vezes o inconsciente lutou muito para fazer sumir da sua memória. Todas essas experiências começam a lapidar o seu comportamento e, como não poderia deixar de ser, a sua sexualidade. Os seus conceitos, os seus prazeres, os seus tabus, os seus limites, as percepções que você tem sobre você, tudo isso pode mudar com a massagem tântrica.

Aumento da energia orgástica

Conforme desenvolvemos a sensibilidade, vamos ensinando para o corpo como sustentar cada vez mais níveis maiores de bioenergia antes do pico orgástico. Esse processo de intensificação da energia ensina para o corpo novas maneiras de vivenciar o orgasmo: orgasmos secos, orgasmos de vale, orgasmos múltiplos, orgasmos femininos com ejaculação, enfim, o corpo responde com diversos sinais extremamente saudáveis quando carregamos nossas células de energia orgástica.

Descargas hormonais saudáveis

Com a sensibilidade aguçada e o corpo cheio de energia e vitalidade, tudo começa a funcionar mais equilibradamente. Os chakras voltam a funcionar em seu melhor estado e as glândulas correspondentes também recuperar seu vigor. Assim recebemos uma descarga dos bons hormônios: serotonina, endorfina, dopamina, oxitocina, todos eles inundam o nosso corpo quando temos uma experiência orgástica ampliada, em um corpo vitalizado e sensível.

Fortalecimento genital com Massagem Tântrica

Em determinada etapa do tratamento com massagem tântrica – e também varia de tratamento para tratamento, cada busca tem sua cura – o paciente pode ser submetido a massagens com técnicas de estímulos focados no genital, seja masculino ou feminino.

(Vale lembrar que não é o paciente que decide por essa ou aquela massagem. Não. Um terapeuta da casa, após uma boa anamnese, na qual possa identificar as necessidades e prioridades do paciente, é ele quem vai definir qual massagem será utilizada em qual etapa do tratamento).

As técnicas aplicadas nos genitais – Massagem Lingam e Massagem Yoni – não tem caráter masturbatório e não focam o prazer genital. Essas técnicas são aplicadas para fortalecer a região genital, seja na tonificação muscular, no irrigamento sanguíneo, no uso das terminações nervosas para produção de bioenergia, na produção de líquidos internos, etc.

Muitos tratamentos de disfunções sexuais – tanto para homens como para mulheres – podem se beneficiar muito do tratamento com massagem tântrica. O fortalecimento genital, combinado com o aspecto meditativo da prática, desenvolve uma consciência corporal extremamente afinada com a sexualidade. Quanto mais conectamos o corpo com a nossa sexualidade, mais desafogamos a mente e fechamos a porta de entrada para 99% das disfunções sexuais.

Mais do que fortalecimento e sensibilidade, é preciso recuperar a conexão com o genital livre de quaisquer cargas morais ou influências externas. Homens e mulheres estão vivendo um momento de grande desconhecimento do próprio corpo, uma sexualidade extremamente imatura e despreparada e tudo isso reflete em uma desconexão com a energia instintiva e a força de caráter animal que carrega o Chakra Básico – Muladhara, centro de energia conectado com os genitais. O Chakra da terra, elemento fundamental no processamento das emoções – a terra transforma lixo em alimento. Um genital saudável, vitalizado, traz autoestima, confiança, facilidade em lidar com os momentos difíceis.

E o genital, como todo nosso corpo, trabalha em um equilíbrio dinâmico entre tensão e relaxamento. Muita tensão é prejudicial, muito relaxamento atrofia. Ele precisa ser utilizado, treinado, colocado em prática para manter sua saúde a todo vapor. E as massagens tântricas conseguem trazer todo o potencial para o genital, não só com as técnicas de estímulos, mas com o treinamento de consciência corporal que fazemos com meditações, movimento, respiração e outras técnicas do Tantra.

O corpo

O corpo formiga, arrepia, sente espasmos, ouriça os pelos, alonga a musculatura, relaxa. Mas às vezes o corpo tensiona e entra em contato com algo no inconsciente que demanda uma certa energia pra ser integrado. Aí o corpo acelera a respiração, esquenta, aperta, treme, enfim, seja qual for a necessidade, apenas precisamos confiar na sabedoria do corpo, e termos certeza que os frutos mais saudáveis virão à tona.

A mente

A mente vai tentar se apropriar da experiência o tempo todo. De maneira inconsciente, ela vai tentar classificar todos os estímulos, todas as sensações, todo o contexto. Cabe ao terapeuta fazer a leitura corporal do paciente e conduzir a sessão de massagem tântrica de forma a facilitar uma experiência além da mente, usando alguns exercícios corporais ou trabalhos de respiração combinados com a massagem.

As emoçoes

Talvez você se frustre por não sentir o que achava que ia sentir, talvez você se conecte com experiências traumáticas arraigadas lá na tua primeira infância. Quando mais conectado com o corpo e com as sensações, mais você abre espaço para que as emoções se manifestem, venham à superfície e sejam integradas de maneira saudável pelo corpo, em um contexto de alta e energia e vitalidade.

O sexo

Pouco a pouco as novas referências de prazer e sensibilidade do seu corpo vão transformar a maneira que você se relaciona sexualmente. Não apenas no campo físico e químico, mas também as fantasias, as compulsões, os vícios conectados com a sexualidade começam também a ser transformados. Cada vez mais as fantasias mentais perdem o sentido e os estímulos sensorias ganham força no processo de excitação.

A energia sexual em um contexto meditativo

Nosso corpo aprende por repetição. Se você for para uma academia 5 dias da semana e treinar rigorosamente, em 1 ano seu corpo terá desenvolvido uma série de atributos. É assim pra qualquer treinamento corporal: repetição. Assim que o corpo desenvolve a sintonia fina, a resistência, a coordenação motora e tantas outras habilidades.

O seu corpo é acostumado a reagir com determinados padrões à presença da energia sexual. Seja qual for a sua história você criou, de maneira inconsciente, diversos padrões reativos ao sexo. Calma, não é você; acontece com todo mundo, dada a educação sexual e a sociedade cheia de valores machistas que temos hoje. Isso quer dizer que a aproximação da energia sexual mexe com a tua musculatura, muda tua respiração, bagunça a tua pressão sanguínea, enfim, causa uma série de reações fisiológicas pois foi assim que o seu corpo aprendeu a lidar com isso. E nada disso é bom ou ruim em essência: o que existe é estarmos conscientes disso ou não. Quando estamos, a sexualidade flui de maneira natural, harmônica e sem necessidade de jogos de poder ou disputas de ego, Quando estamos inconscientes disso podemos nos pegar reféns dos mesmos padrões por muito tempo até conseguirmos mudar o comportamento.

E muitas vezes a mudança já aconteceu no campo intelectual, no plano das ideias. Você já sabe tudo o que precisa fazer para sair do vício comportamental mas a mudança de atitude nunca vem. Por que uma coisa dessas acontece? Como é possível ter o entendimento de como mudar mas não conseguir agir diferente? A resposta pra isso vem da seguinte compreensão: o comportamento não existe apenas no campo das ideias. O comportamento também é somatizado e registrado pelo corpo. Existe uma anatomia emocional que é desenvolvida de acordo com as nossas experiências que fortalece ou dificulta determinadas mudanças.

As massagens tântricas vão atacar diretamente o comportamento, mas pela via do corpo, não do entendimento intelectual. Por meio de um estado vibracional alterado e da alta concentração de energia sexual, o contexto meditativo da sessão coloca o paciente muito sintonizado com o corpo, em um estado de percepção alterado, sentindo sua anatomia emocional mais presente, tudo muito mais sensível. Nesse momento fica mais fácil de sintonizar as mensagens da sabedoria formativa do corpo. Mas pra tudo isso acontecer, precisamos trabalhar a força da energia sexual em um contexto meditativo, presente e consciente.

E quanto mais praticamos, mais o nosso corpo aprende. Quanto mais o corpo aprende, mais inesperadas se tornam as experiências. Novos caminhos sensoriais vão sendo construídos, novas conexões neurais, o sistema nervoso simpático descarrega sua sobrecarga e todo o corpo começa a funcionar melhor.

Osho falando sobre a massagem

Osho - terapia tântrica

Massagem é algo que você começa a aprender, mas você nunca termina. Ela avança e avança e a experiência se torna continuamente mais profunda e mais profunda e mais alta e mais alta. A massagem é uma das artes mais sutis – e ela não é somente uma questão de perícia. Ela é uma questão de amor.

Aprenda a técnica – então a esqueça. Então apenas sinta e mova-se pelo sentimento. Quando você aprende profundamente, noventa por cento do trabalho é feito pelo amor, dez por cento pela técnica. Apenas através do próprio toque, um toque amoroso, relaxa-se o corpo.

Se você ama e sente compaixão pela outra pessoa e sente o valor supremo dela; se você não a trata como se fosse um mecanismo para ser colocado em ordem, mas uma energia de tremendo valor; se você está agradecido por ela confiar em você e permitir que você brinque com a sua energia – então mais e mais você irá sentir como se você estivesse tocando um órgão. Todo corpo se torna as teclas do órgão e você pode sentir que uma harmonia é criada dentro do corpo. Não somente a pessoa será ajudada, mas você também.

A massagem é necessária no mundo porque o amor desapareceu. Outrora o próprio toque dos amantes era suficiente. Uma mãe tocando o filho, brincando com o seu corpo, era massagem. O marido brincando com o corpo da mulher, era massagem; isto era suficiente, mais do que suficiente. Isto era profundo relaxamento e parte do amor. Mas isto desapareceu do mundo. Mais e mais nós esquecemos onde tocar, como tocar, o quanto profundo tocar. Na verdade, o toque é uma das linguagens mais esquecidas. Nós nos tornamos quase desconfortáveis no toque, porque a própria palavra for corrompida pelas assim chamadas pessoas religiosas. Elas lhe deram uma conotação sexual. A palavra se tornou sexual e as pessoas se tornaram amedrontadas. Todo mundo está de guarda para não ser tocado, a menos que se permita. Agora no ocidente o outro extremo chegou. Toque e massagem se tornaram sexual. Agora a massagem é apenas uma cobertura, um cobertor para a sexualidade. Na verdade nem o toque nem a massagem são sexuais. Eles são funções do amor. Quando o amor cai de sua altura ele se torna sexo e então ele se torna feio.

Assim seja devocional. Quando você toca o corpo de uma pessoa seja devocional – como se o próprio Deus estivesse lá e você está apenas servindo-o. Flua com energia total. E sempre que você vê o corpo fluindo e a energia criando um novo padrão de harmonia, você irá sentir um desfrute que você nunca sentiu antes. Você irá cair em profunda meditação.

Enquanto massagista, apenas massageie. Não pense em outras coisas porque elas são distrações. Esteja em seus dedos e em suas mãos como se todo o seu ser, toda a sua alma estivesse lá. Não deixe que seja apenas um toque do corpo. Toda a sua alma entra no corpo do outro, penetra nele, relaxa os nós mais profundos. E faça disto uma brincadeira. Não o faça como um trabalho; torne-o um jogo e faça-o como uma diversão. Ria e deixe o outro rir também.

A massagem é entrar em sincronia com a energia do corpo de alguém e sentir onde ela está faltando, sentir onde o corpo está fragmentado e torná-lo completo… É ajudar a energia do corpo de modo que ela não seja mais fragmentada, não mais contraditória. Quando as energias do corpo estão alinhadas e se tornam uma orquestra, então você teve sucesso.

Assim tenha muito respeito com o corpo humano. Ele é o verdadeiro santuário de Deus, o templo de Deus. Assim com profunda reverência, prece, aprenda a sua arte. Esta é uma das grandes coisas para aprender.

Texto do mestre Osho, retirado do “Livro da Cura” – Ed. Shakti.

LEIA MAIS SOBRE TANTRA, MEDITAÇÃO, TERAPIA E AUTOCONHECIMENTO NO NOSSO BLOG

O que é Meditação?

Meditação é um estado de presença, uma conexão integral com o aqui-agora. Meditação é não pensar em nada? Mais do que esvaziar a cabeça, meditação é testemunhar os mecanismos e artimanhas da mente. Pra que serve a meditação? Muito mais do que cuidar da saúde do teu...

Massagem Tântrica em Natal/RN

A Casa Samadhi retoma suas atividades normalmente agora que o carnaval acabou e o ano começou! Os atendimentos com Massagem Tântrica acontecem diariamente em Ponta Negra. Além dos dois Terapeutas residentes na cidade - Moti e Sangito - costumamos receber também...

A nova solidão

A solidão de hoje é muito diferente da solidão que existia tempos atrás. Como que você deixa esses valores entrar no seu dia a dia?