Massagem Tântrica em Salvador

Você pode agendar sua sessão de Massagem Tântrica em Salvador com terapeutas parceiros da Casa Samadhi. Nessa página você encontra todas as infos.

Naveguepor aqui

Detalhes da Sessão

Terapeutas

Perguntas Frequentes

Agendar agora

Terapeutas

Detalhes da Sessão

Perguntas Frequentes

Agendar agora

A Massagem Tântrica é extremamente eficaz no processo de descondicionamento da nossa excitação e recuperação da qualidade da vida sexual.

Muito mais do que uma técnica para “apimentar a sua relação”, o processo que a Massagem Tântrica desabrocha no corpo proporciona o amadurecimento e a transformação da nossa sexualidade em diversas camadas.

Como funciona a Massagem Tântrica?

O trabalho que fazemos aqui não tem um caráter erótico ou sensual.

Aqui praticamos o exercício da sexualidade saudável, buscando livrar as pessoas da compulsões e neuroses que impedem uma vida sexual saudável. Para isso os fetiches precisam ser deixados de lado, os joguinhos de poder também.

Os toques que usamos no tratamento com a Terapia Tântrica são toques especialmente desenhados para criar novas sinapses no desenvolvimento sensorial do corpo. O trabalho é terapêutico e funciona com muita eficiência para o tratamento de disfunções sexuais tanto masculinas como femininas. A Massagem Tântrica que praticamos aqui procura desprogramar o corpo da influência que traumas, neuroses e estresses crônicos conectados com a sexualidade possam ter imprimido no comportamento, na anatomia emocional e na estrutura dos pensamentos de cada um.

Homens e mulheres estão sofrendo com uma sexualidade tóxica. Não há mais espaço para sentir um ao outro. A falta de comunicação e a empatia que sentem passa por uma desconexão profunda dos próprios sentimentos, do próprio campo sentido do corpo. Você pergunta para as pessoas o que elas estão sentindo e elas te respondem uma história. Existe muita desconexão do aspecto sensorial, e é isso que resgatamos com a Massagem Tântrica.

O que acontece em uma Sessão?

Toda sessão começa com uma anamnese; precisamos entender a busca do paciente e quais sintomas ele tem sentido no seu bem estar e dia a dia. Depois de um bom tempo de conversa começamos a parte prática da sessão com alguma meditação tântrica. Após a meditação o paciente é orientado a fechar os olhos, deitar-se e manter determinados padrões respiratórios que auxiliam a postura meditativa do tratamento.

Usamos técnicas de Respiração Consciente conforme ensinamos na nossa primeira turma de Formação em Terapia Tântrica de Respiração e Renascimento. Ela amplifica a energia que circula pelo corpo e, consequentemente, sua sensibilidade.

Assim que a pessoa se vê imersa em uma experiência meditativa, começamos as intervenções com os toques do Tantra que vão mobilizar a bioenergia e a bioquímica sexual para dissolver as couraças neuromusculares presentes na anatomia emocional. Nesse processo a pessoa se conecta com diversas sensações, memórias, visões, mensagens e todo um universo sensorial se revela.

O paciente fica nu durante a sessão, o terapeuta não. Não acontece sexo, penetração, nada desse tipo durante uma sessão. Desconfie de todos aqueles que dizem trabalhar com Tantra e oferecem serviços sexuais.

O Tantra é um caminho meditativo, que ensina um toque sem intenção, sem malícia, sem desejo de manipulação ou de jogos de poder. Nada disso faz parte de uma experiência tântrica; não há espaço para disputas de ego ou confrontos infantis.

Quando a meditação faz parte da experiência, o corpo aumenta o espaço entre o estímulo e a resposta dos gatilhos que ativam o sistema na presença da energia sexual. Assim, ao longo do tratamento, o paciente começa a transformar a amadurecer sua sexualidade. De uma forma extremamente natural, assim como o nosso paladar muda ao longo da vida, o nosso gosto musical, nosso jeito de se vestir, e todo o resto a nosso respeito.

Mas essa mudança de comportamento sexual só é possível se mergulharmos na experiência com uma postura meditativa. O trabalho erotizado, sensual, não permite que haja um contato sensível com a anatomia emocional pois trabalha o campo das fantasias, dos estímulos meramente cerebrais conectados com a sexualidade.

E esse é o maior problema de homens e mulheres quando o assunto é sexo: ele está todo na cabeça, e ninguém mais sente o próprio corpo. Só aprendemos a encontrar o orgasmo na exaustão, transando ansiosos com movimentos bruscos sem sentir quase nada do que está se passando, apenas preocupado com a performance e com a repercussão que isso vai trazer pro nosso belo e querido ego.

Somos crianças quando o assunto é sexualidade e o amadurecimento é urgente. E ele só é possível pela experiência, não pela teoria.

Importante: O que NÃO acontece em uma Sessão

Sexo, masturbação, terapeuta sem roupa, jogos de poder, feliz nem nada que exista para alimentar fetiches ou neuroses sexuais.

Se alguma dessas coisas tivesse potencial terapêutico, provavelmente nós faríamos aqui.

Mas não. Tudo isso apenas reforça os padrões de comportamento e controle da mente sexualmente neurótica. Nós criamos esse trabalho com o Tantra aqui em Recife para ajudar as pessoas a se libertarem de suas amarras emocionais e sexuais.

Ninguém consegue isso alimentando fantasias. As fantasias são infinitas, criam compulsões, alimentam expectativas e desconectam a pessoa completamente do momento presente. Nosso trabalho vai na contramão disso tudo.

A terapia não existe para realizar desejos, mas para enfrentar neuroses, transformar o comportamento e trazer mais sabedoria e livre arbítrio pra nossa expressão no mundo e nossas relações. O interagente não escolhe a técnica que vai vivenciar; ele apresenta uma demanda. Cabe ao terapeuta decidir qual o melhor caminho a seguir no processo.