(ao entrar, confira a descrição do grupo) 

(encontro será ao vivo no domingo, 28/02 às 18h pelo app zoom)

Um bate papo sobre ansiedade e sexualidade…

Com prática meditativa e terapêutica guiada ao vivo…

Pra humanos: homens, mulheres, não-binários, cis, trans, héteros, LGBT+…

Dia 28/02 às 18h, ao vivo pelo app Zoom

(ao entrar, confira a descrição do grupo) 

Porque precisamos falar sobre ansiedade sexual?

A maior parte das disfunções e dificuldades que as pessoas encontram no campo da sexualidade vêm de uma ativação ansiosa que é vivida na hora da intimidade. 

Por conta do tabu que vivemos e da falta de informação de qualidade, acabamos repetindo uma série de experiências ansiosas, sem sensibilidade, com a atenção dispersa, sem foco, sem conexão com pouco ou nenhum prazer.

Isso desencadeia um aprendizado somático extremamente prejudicial, que vai pouco a pouco acabando com a libido, desencadeando uma série de sintomas – muitos deles sendo extremamente identificados pelo paciente na forma do pensamento “Eu sou assim mesmo”. 

Precisamos urgentemente compreender a diferente entre o “eu excitado” e o “eu ansioso tentando desesperadamente se excitar”.

Se você percebe que:

  • a sua sexualidade é muito agitada,
  • a cabeça não desliga na hora H,
  • o corpo não responde aos desejos da mente durante a experiência sexual;
  • sua libido tem diminuído por conta da insatisfação;
  • o sexo tem perdido o significado pra você;
  • a possibilidade de uma experiência sexual perturba os seus pensamentos;

Você provavelmente está vivendo uma sexualidade ansiosa. Mas é possível mudar isso.

Você merece uma sexualidade plena e prazerosa

A Meditação Sexual vai abrir os seus olhos, soltar o seu corpo e transformar os pensamentos que você tem conectados com a sua sexualidade. Quando deixamos sair tudo aquilo que não nos serve, que não é nosso e não faz sentido ao nosso ser, o que sobra é a nossa essência.

O Instrutor desse Workshop e coordenador da Casa Samadhi: Sangito Deva

Encontrei na meditação do Tantra um caminho de cura muito profundo; desde as minhas primeiras práticas em 2004 percebi que essas técnicas tinham um potencial de aliviar muitas das minhas neuroses e compulsões ligadas à sexualidade e dos transtornos emocionais que eu vivenciava. Desde então não parei de mergulhar. Encontrei muito alívio pra minha ansiedade que pulsava por conta de uma sexualidade ferida por abusos e experiências traumáticas.

Em 2013 comecei as práticas em grupo e minha capacitação em Terapia Tântrica. De lá pra cá são vários anos de pesquisas práticas, muita meditação e transformações acontecendo no meu comportamento e no meu corpo e, posso dizer com muita alegria, acontecendo também nas pessoas ao meu redor, que mergulham e confiam nesse caminho de amadurecimento interno. Continuo vivenciando o Tantra todos os dias e procurando novas referências para especializar o trabalho que desenvolvemos na Casa Samadhi.

Desde 2014 que facilito grupos de Tantra, Renascimento e Meditação, não só no Brasil mas em alguns lugares da Europa. Sou escritor, músico, e procuro trazer bastante sensibilidade na minha presença terapêutica. De todas as técnicas que aprendi e desenvolvi ao longo da minha profissão, posso dizer com propriedade que as mais transformadoras são as práticas de Meditação Sexual.

(ao entrar, confira a descrição do grupo) 

A sexualidade saudável é imprescindível pra nossa qualidade de vida

Meditação e Sexualidade se encontram nas profundezas do nosso sistema nervoso – viver a sexualidade inconscientemente traz desequilíbrio e desgaste, ao passo que a meditação sexual pode resgatar o nosso prazer e a saúde do nosso sistema nervoso.